Quais os problemas que o excesso de peso pode provocar?

Infelizmente, não são todas as pessoas que sabem quais os problemas que o excesso de peso pode provocar, e se tivessem mais informações, talvez muitas dessas doenças poderiam ser evitadas.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, mais de um terço da população mundial sofre com problemas de sobrepeso ou obesidade.

Não custa lembrar: a obesidade não é um problema estético. É uma doença crônica que ameaça a saúde, porque o excesso de peso é a origem de diversos problemas: hipertensão, diabetes, doenças cardiovasculares…

Nesse artigo, vamos mostrar as causas e as consequências do sobrepeso à saúde!

O que é sobrepeso e obesidade?

Para entender quais os problemas que o excesso de peso pode provocar, você deve saber mais sobre o conceito.

De acordo com a OMS, o sobrepeso e a obesidade se definem como um acúmulo anormal ou excessivo de gordura corporal, que podem afetar a saúde.

A massa de gordura “normal” é geralmente mais baixa no homem (10 a 15% do peso do corpo) que na mulher (20 a 25% do peso corporal).

Para caracterizar a obesidade e o sobrepeso, é utilizado o IMC (índice de massa corporal), que se calcula dividindo o peso (em kg) pela altura (em m) ao quadrado.

O valor normal é de 20 a 25 para homens, e de 19 a 25 para mulheres.

Assim, falamos de:

  • Sobrepeso: para um IMC entre 25 e 29,9
  • Obesidade: para um IMC entre 30 e 39,9
  • Obesidade mórbida: para um IMC a partir de 40

Apenas para você saber; o sobrepeso e a obesidade são o quinto fator de risco de mortes a nível mundial. Pelo menos 2,8 milhões de adultos morrem a cada ano.

Quais as causas do excesso de peso?

Antes de você conhecer quais os problemas que o excesso de peso pode provocar, é importante saber quais as causas do sobrepeso e obesidade.

A obesidade e o sobrepeso são decorrentes de uma série de fatores, como o desequilíbrio energético, a genética ou ainda a falta de atividade física.

A principal causa é um desequilíbrio energético entre as calorias consumidas e gastas.

Na verdade, observamos um consumo grande de alimentos extremamente calóricos, ricos em gorduras e açúcares, mas pobres em vitaminas, minerais e outros micronutrientes.

Além disso, uma queda da prática de exercícios físicos em razão do estilo sedentário de diversos tipos de trabalho, a evolução dos meios de transporte e a urbanização;

Esse desequilíbrio é a consequência de diferentes fatores:

  • Fatores genéticos: 70% dos obeso têm, pelo menos, um parente na mesma situação;
  • Fatores alimentares: um excesso de calorias, principalmente açúcares e gorduras, em relação às necessidades do organismo, leva à obesidade. Além disso, problemas de transtorno alimentar também influenciam no ganho de peso;
  • Fatores psicológicos: em caso de tristeza ou estresse, há uma compensação na comida, principalmente alimentos muito calóricos;
  • Insuficiência dos gastos energéticos diários: não praticar exercícios físicos regulares e o sedentarismo levam a uma redução dos gastos energéticos.

Quais os problemas que o excesso de peso pode provocar?

O excesso de acúmulo de gordura é um fator de risco para diversas doenças, tais como:

  • Aumento da pressão arterial;
  • Acidente vascular cerebral;
  • Doenças cardiovasculares;
  • Doença degenerativa do disco;
  • Diabetes tipo 2;
  • Aumento das taxas de colesterol e/ou triglicerídeos no sangue;
  • Apneia do sono;
  • Problemas respiratórios;
  • Dores nas costas, especialmente lombalgias;
  • Crises de gota;
  • Problemas articulares;
  • Câncer;
  • Doenças no fígado;
  • Depressão.

Você tinha ideia de quais os problemas que o excesso de peso pode provocar?

O pior é cada um dos problemas listados pode causar outras doenças, como a obesidade, que já é considerada uma questão de saúde pública, ou seja, já são uma epidemia mundial.

Conclusão

Portanto, se você está acima do peso, procure manter um estilo de vida saudável, praticando exercícios diariamente e seguindo uma dieta equilibrada.

Essa é a melhor maneira de você evitar todas as doenças listadas acima e ter uma melhor qualidade de vida!

Comentários estão fechados.