10 Dicas para fazer um bom TCC em pouco tempo

Estudantes universitários, que desejam conquistar o tão sonhado diploma, precisam vencer uma última etapa na jornada acadêmica: fazer um bom TCC em pouco tempo. Mas, qual é o segredo para atingir esse objetivo?

O trabalho de conclusão de curso (TCC) costuma ser o pesadelo dos alunos do último ano. No entanto, para tornar a elaboração menos desgastante, é muito importante seguir um planejamento, que vai desde a escolha do tema até a apresentação final. 

De acordo com a Resolução do Ministério da Educação – CNE/CES nº 01, de 6 de abril de 2018, a exigência de elaboração de TCC é facultativa. Contudo, a maioria das instituições de ensino exigem a entrega de um trabalho final para que o aluno possa obter o seu diploma. 

A Associação Brasileira de Normas Técnicas define normas para trabalhos acadêmicos. Você deve conhecê-las para fazer o seu trabalho, mas só isso não basta. Existem algumas estratégias que otimizam tempo e facilitam a organização – falaremos sobre elas mais para frente. 

Pensando em te ajudar, criamos um roteiro com dicas de como fazer um bom TCC em pouco tempo. Confira!

Passos para fazer um bom TCC em pouco tempo

1 – Verifique quais tipos de TCC são aceitos

Cada curso ou instituição de ensino trabalha de uma forma. Sendo assim, um TCC pode ser uma monografia, um artigo científico ou um projeto experimental. 

Procure conhecer as possibilidades da sua faculdade e veja qual formato de trabalho combina com o seu perfil. Aliás, também vale a pena conversar com professores e ex-alunos para tomar a decisão de forma mais assertiva. 

2 – Escolha o tema

O tema é o assunto que se deseja provar ou desenvolver, portanto, no mínimo ele deve estimular a sua curiosidade e interesse. 

Logo, tenha em mente que todo tema de TCC precisa ser bem específico e possuir referencial teórico disponível. Além disso, outro aspecto importante é a relevância para a sociedade ou comunidade científica. 

3 – Escolha o orientador

A escolha do orientador não pode ser baseada apenas na afinidade entre professor e aluno. 

Um bom orientador é aquele que tem tempo para atender os seus orientandos e chama atenção quando é necessário. Além disso, ele deve ser uma pessoa disponível e capaz de mostrar o melhor caminho para a realização da pesquisa.

4 – Elabore um cronograma

O cronograma é a última etapa no projeto de pesquisa – e, sem dúvidas, uma das mais importantes para quem tem pouco tempo para fazer o trabalho. 

Ninguém consegue se planejar se não define prazos para pequenas entregas. Portanto, elabore um cronograma considerando o tempo que você tem disponível para fazer o TCC.

Além disso, tenha em mente que o prazo para fazer a pesquisa também influencia no nível de profundidade do estudo.  

5 – Organize suas leituras e LEIA

Escolhido o tema, provavelmente o orientador vai indicar obras que você precisa ler para iniciar a revisão bibliográfica. 

Essa etapa do trabalho consiste em ler livros e artigos científicos de outros autores para formar o embasamento teórico da pesquisa. Os materiais podem ser encontrados na biblioteca da universidade ou nos repositórios digitais. 

Quando se trata de TCC, nenhuma informação deve ser aleatória ou fruto do achismo. Por esse motivo é tão importante pesquisar fontes confiáveis e reservar um tempo para ler cada uma delas. 

Aliás, não leia apenas por ler. Adquira o hábito de fazer o fichamento das leituras – pelo menos das principais obras. Esse cuidado facilita a organização das citações e a produção do texto. 

Para que as leituras façam sentido, você precisa saber onde quer chegar. Em outras palavras, tenha o seu objetivo geral – que foi definido no projeto de pesquisa – como norte. Além disso, você pode considerar os objetivos específicos como seções do trabalho. 

6 – Consulte as normas da ABNT

Não tem jeito: você precisa estudar as normas ABNT 2022 para conseguir fazer um bom TCC em pouco tempo. E são várias NBRs. 

A ABNT define regras de formatação do trabalho, ou seja, uma normatização. Ela estabelece quais são os elementos pré-textuais, textuais e pós-textuais de um trabalho acadêmico, bem como regras para citações e referências bibliográficas. 

7 – Escreva o relatório

A escrita do relatório é, talvez, um dos momentos mais desafiadores da jornada.  Você deve pegar suas anotações e fichamentos e elaborar os elementos textuais do seu TCC, ou seja, introdução, desenvolvimento e conclusão. 

Na hora de escrever o texto, use frases curtas e em ordem direta (sujeito + verbo + complemento). Lembre-se que os períodos longos não são bem-vindos à escrita acadêmica porque confundem o leitor.

A redação do seu TCC deve mesclar citações de outros autores com seus comentários sobre o assunto estudado. Portanto, inicie cada capítulo com um parágrafo introdutório e tenha o cuidado de usar de 1 a 3 citações por página – nem mais, nem menos. 

8 – Cuidado para não cometer plágios

Quem comete plágio coloca a nota do TCC em risco. Portanto, para evitar esse tipo de situação, use corretamente as recomendações da ABNT para a apresentação de citações. As regras estão dispostas na NBR 10520.

Além disso, use softwares de detecção do plágio, que permitem encontrar similaridades no seu texto com outros documentos.  ​​

9 – Elabore os slides

Depois de concluir a escrita do relatório, é chegado o momento de preparar os slides da apresentação. Desse modo, ao selecionar o conteúdo que será inserido nas telas, considere: Introdução, Referencial teórico, Metodologia, Resultados e Discussões e Considerações Finais. 

Estruture os slides com frases curtas e tópicos. Além disso, respeite uma sequência lógica e explore recursos visuais com sabedoria, como é o caso dos gráficos e das imagens. 

10 – Treine para a apresentação

A última etapa é o treino para a apresentação. Portanto, tendo os slides como base, organize um roteiro com os principais pontos do trabalho que precisam ser comentados. Em seguida, apresente o trabalho para os amigos ou para a família. Esse tipo de exercício aumenta a confiança e reduz o nervosismo.

Conclusão

Por fim, saiba que tirar nota máxima não é o principal objetivo do TCC. O que realmente importa é o quanto você aprendeu com a jornada de pesquisa. Aliás, a seriedade com a qual encarou esse trabalho também reflete o comprometimento que você terá com a sua carreira.

Comentários estão fechados.