Como resolver a infiltração de água no teto

É difícil encontrar uma pessoa que não tenha se deparado com infiltrações no teto. Confira algumas dicas simples e eficientes para lidar com isso

Você está se preparando para dormir, após um dia cansativo no trabalho, até que percebe que uma parte da sua cama está molhada. E a surpresa surge ao olhar para o teto e constatar que a água está caindo dali.

É preciso cuidado ao vivenciar essa situação, já que deixar a infiltração crescer pode provocar danos estruturais grandes em uma moradia, aumentando ainda mais os prejuízos financeiros.

Infiltrações de água no teto é um problema comum de construção e acabamento, que acaba causando um grande transtorno aos moradores da casa. Confira a seguir o que fazer para resolver esse problema!

Como perceber a infiltração

O primeiro passo para resolver problemas causados pela infiltração é perceber quando ela está ocorrendo. Manchas escuras são um primeiro sinal de infiltração no teto, aliada à presença de mofo. No entanto, manchas pretas também podem surgir de má ventilação no banheiro, pois isso verifique corretamente a origem delas.

Ao perceber que uma parede possui muita tinta ou massa corrida em uma região, fique atento, pois, isso pode ser sinal de infiltração. Se a tinta estiver prestes a cair, esse é um sinal clássico de uma infiltração em estágio mais avançado e grave. Por fim, outro sinal relevante são as goteiras. Visto que foi constatada a infiltração, é necessário localizar exatamente onde estão os pontos de foco.

Como resolver infiltração no teto

Uma das causas mais comuns de infiltração no teto são telhas quebradas. Isso ocorre devido a intempéries naturais e da qualidade do material. É fundamental a realização de uma vistoria anual no telhado para checar se ele está em boas condições e se as telhas estão alinhadas.

Outra causa comum de infiltrações no teto são rachaduras na laje. Sem uma boa resistência nessa parte, pode haver acidentes graves e desabamentos. Se essa for a causa da infiltração, é preciso impermeabilizar toda a laje, para evitar que a água penetre no teto e proteja de possíveis rachaduras que possam aparecer ao longo dos anos.

É preciso aplicar produtos impermeabilizantes na laje. Contudo, se esta é antiga e vem apresentando defeitos, a aplicação de tais produtos pode não ser suficiente para acabar com a infiltração (mas somente interrompê-las por um período).

Uma ideia muito popular, porém equivocada, é que se deve colocar azulejo nas rachaduras para interromper a infiltração. Esse procedimento é inadequado, já que não resolve o problema e ainda demanda investimentos econômicos. Vale lembrar que, para evitar a infiltração, é recomendado que a laje seja feita plana ou com um caimento – para evitar a formação de poças de água.

Por fim, outra causa comum de infiltrações no teto são tubulações com vazamento. As. Tubulações são longos encanamentos que percorrem as paredes e o teto. Se tais canos apresentarem rachaduras ou descontinuações, isso pode originar infiltrações. Esse caso demanda pequena reforma para abrir a parte do teto atingida. Quem mora em prédio precisa de cuidado redobrado, pois uma pequena reforma como essa pode afetar o piso do apartamento superior.

Vale ressaltar que adiar o conserto de qualquer parte do lar é perigoso, pois coloca todos os moradores e visitas em risco. No entanto, isso é ainda mais urgente quando o problema se trata de infiltração no teto, já que os materiais que o compõem são pesados e podem ceder. Por fim, é fundamental fazer uma manutenção periódica no local e de suas estruturas.

Comentários estão fechados.